Atendimento:

Guia da nutrição materno-infantil e carreira na área

mulher grávida comendo alimentos saudáveis

Manter uma boa alimentação é fundamental para a nossa saúde física e mental. Mas, você sabia que o estilo de alimentação escolhido por cada um ao longo da vida não é o único fator que influencia a nossa saúde, mas também a alimentação escolhida por nossas mães e avós?

Isso mesmo, o que uma mulher consome durante a gestação é capaz de interferir na saúde das próximas três gerações. 

Podemos dizer que você é, não apenas, o que come, mas o que sua mãe e avó comeu durante a gravidez.

Ou seja, a condição de saúde da mulher durante a gestação e lactação, e até mesmo antes desse período, influencia a saúde do feto e desenvolvimento da criança.

Sabemos que a preocupação em manter uma alimentação adequada ao longo da gravidez não é algo recente. A consciência da influência não apenas dos nutrientes, mas de todos o estilo de vida da mulher nesse período, incluindo as emoções, é algo que já compreendemos há muito tempo.

No entanto, à medida que os estudos nessa área se aprofundam, nos deparamos com novas descobertas que nos levam a perceber que há ainda muito mais influência do que imaginamos, como o fato da influência nas próximas gerações das famílias.

Diante disso, muitos profissionais da saúde têm se voltado para a área de nutrição materno-infantil, tornando a carreira promissora tanto para quem já atua quanto para quem pretende atuar com a nutrição de gestantes.

Carreira na área nutricional materno-infantil

A nutrição materna e infantil inclui nutrição materna pré-concepção, pré-natal e pós-natal, nutrição da mulher ao longo de seus anos reprodutivos, bem como nutrição fetal, neonatal e infantil.

Logo, a atuação do nutricionista com especialização em nutrição materno-infantil concentra-se em questões de saúde relativas às mulheres, crianças e famílias, como: 

  • acesso a cuidados pré-natais e de puericultura;
  • prevenção da mortalidade infantil e materna;
  • saúde mental materno-infantil;
  • triagem neonatal;
  • imunizações infantis
  • nutrição e serviços para crianças com necessidades especiais de saúde. 

Sendo assim, é muito importante que esse profissional seja capaz de interpretar os problemas nutricionais alimentares da população infantil e, com base na atualização dos conhecimentos científicos e tecnológicos, adquirir competências para aplicar estratégias visando suas soluções.

Tais soluções devem envolver não apenas a promoção, mas prevenção e terapêutica, por meio de uma atuação interdisciplinar, ou seja, é preciso enxergar o paciente de maneira integral.

A importância da nutrição materno-infantil e da atuação desse profissional

A alimentação inadequada e, portanto, a falta de nutrientes, atinge cerca de 4,5 bilhões de pessoas em todo o mundo. Neste grupo, estão não apenas pessoas em idade adulta, mas também crianças pequenas e grupos de adultos mais vulneráveis, como mulheres em idade fértil. 

Os micronutrientes mais importantes para os resultados de saúde materno-infantil incluem ferro, vitamina B12, ácido fólico, vitamina D e selênio. Infelizmente não é incomum uma dieta inadequada resultar em deficiências de micronutrientes e massa corporal inferior a recomendada causando diversos efeitos adversos à saúde da mãe e do bebê.

A situação se agrava em países de baixa e média renda, já que costuma ser comum esses países apresentarem altas taxas de fecundidade, gestações repetidas e intervalos curtos entre as gestações.

Sem nutrição adequada e nutrientes essenciais, as mulheres e seus filhos correm maior risco de doenças e maus resultados de saúde. Por exemplo:

  • anemia;
  • deficiência imunológica;
  • desaceleração, interrupção ou involução do crescimento;
  • alterações psíquicas e psicológicas.

É importante mencionar, inclusive, que apesar de a falta de nutrientes estar associada ao baixo peso, a obesidade é apenas uma outra face do mesmo problema.

Veja o trecho da matéria publicada no jornal Nexo:

A desnutrição é na maioria das vezes associada à magreza. Mas é possível que crianças que estejam acima do peso para sua idade sejam também desnutridas, uma vez que a alimentação pode ser rica em açúcar e gorduras e pobre nos alimentos que fornecem os nutrientes fundamentais para o organismo. Essa desnutrição por excesso de alimentos inadequados é o que se chama de “fome oculta.”

Ou seja, além dos novos estudos mostrarem a importância da nutrição materno-infantil, temos ainda questões nada novas que deixam evidentes a importância desse profissional. 

Como é o curso de pós-graduação em Nutrição Materno-Infantil

No curso de nutrição materno-infantil os profissionais da saúde descobrem como promover o bem-estar da mãe e do bebê, solucionando problemas de amamentação e nutrição infantil.  A pós-graduação em nutrição materno-infantil é o curso que você deve apostar para melhorar seu atendimento!

Módulos do curso de pós graduação em Nutrição Materno-Infantil

Confira um exemplo de grade curricular para você ter uma ideia melhor de como será o curso de especialização!

  • Inovações e atenção à saúde materno-infantil
  • Fisiologia e nutrição na gestação e lactação
  • Aspectos clínicos e nutricionais em pediatria
  • Educação nutricional e empreendedorismo em em materno-infantil

Os módulos mencionados acima são do Instituto LG, que promove o aperfeiçoamento profissional por meio de pós-graduações com a certificação da PUC Goiás, uma instituição de renome no meio acadêmico no país.

Nossos cursos abordam situações e desafios que os alunos encontrarão em seu campo de trabalho, tornando-os mais preparados para sua rotina. 

Trabalhamos em sintonia com as tendências do mercado, oferecendo cursos inovadores com técnicas exclusivas e desenvolvidas por profissionais gabaritados. 

Nada melhor iniciar sua especialização em uma instituição com esse nível de comprometimento, ainda mais nessa área tão importante, não é mesmo?

Então, não perca mais tempo, comece já sua pós-graduação em Nutrição Materno-Infantil. Entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos:

Categorias

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza NOME DO SITE a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.