Peelings Químicos

Peelings Químicos

A indicação correta dos procedimentos e uma seleção adequada dos clientes são de extrema importância para garantir um resultado positivo e a satisfação do cliente. É necessário que se explique minuciosamente o procedimento e se possível programar um termo de responsabilidade onde deixe bem claro que a cliente não poderá fazer pós o procedimento.

Os peelings são classificados de acordo com a camada da pele que eles atingirão, podem ser superficiais, médios e profundos. Estes podem ser aplicados por diversos profissionais como: Esteticistas, Estetas e médicos. Sendo reservado aos profissionais médicos os peelings que alcançam a derme mais profunda que são os casos dos peelings profundos. Os peelings superficiais atinge a epiderme até a derme papilar; o médio se estende da derme papilar até a parte superior da derme reticular e o profundo estende- se até as camadas intermediárias da derme reticular.

As contraindicações relativas de um procedimento compreendem: O fototipo, o hábito de exposição solar, e a estabilidade emocional das clientes eu receberão o peeling.

As indicações para o peeling químico são: Acne, hipercromias, cicatrizes, rugas, oleosidade, rejuvenescimento entre outras opções de disfunções estéticas.

As seleções dos clientes devem ser realizadas por avaliação inicial, pois por meio desta será designado um plano de tratamento individualizado e personalizado a cada cliente. Nesta hora o profissional já poderá avaliar a personalidade e hábitos do cliente para saber se é indicado o tratamento de peeling químico neste indivíduo. Determinado o tratamento é importante expor, de forma clara, o regime de tratamento, tempo de cicatrização, complicações e cuidados pós procedimento para um resultado mais satisfatório.

Alguns fatores precisam ser observados e analisados antes do procedimento de peeling químicos como: fototipo, grau de fotoenvelhecimento, exposição solar, uso de cosmético, uso de isotretinoína ou radiação, tabagismo, medicações, gestação, herpes labial, queloide e expectativa do cliente.

Com todas estas observações, com conhecimento do profissional designado e com um pós procedimento devidamente orientado e executado as chances do procedimento trazer benefícios e satisfação ao clientes são enormes.

 

Referências bibliográficas:

Maio de Maurício- Tratado de Medicina e Estética 2º Edição ROCA 2017.

Kede Paulina Maria, Sabatovich Oleg- Dermatologia e Estética- 3º Edição ATHENEU 2015.

Deixe uma resposta